Matricule-se
Fazer matrícula
Conheça os países que falam inglês como primeira e segunda língua
02/10/2021

A pergunta é clássica: quantos países falam inglês? A resposta parece simples, afinal, para acessá-la, basta identificar as línguas oficiais de cada nação. Seguindo essa lógica, encontramos 54 destinos que falam o inglês como língua nativa ou segundo idioma.

No entanto, com isso a resposta pode ficar incompleta. Mesmo territórios que não falam oficialmente o inglês, podem ter uma população que o utilize bastante.

Afinal, estamos falando de uma língua mundial, empregada como forma de comunicação entre as culturas.

Talvez seja melhor responder sobre a quantidade de pessoas falantes do inglês. Você já deve imaginar que o número é astronômico, concorda?

Descubra essa e outras informações sobre o assunto logo abaixo. Já adiantamos que conhecer melhor o tema pode antecipar oportunidades culturais e profissionais para você.

Boa leitura!

Quantas pessoas falam inglês no mundo em 2023?

Segundo dados da plataforma Statista, em 2023, há 1,5 bilhão de falantes do inglês — o número exato é de 1,456 bilhão. Essa cifra inclui a população de nativos e aquela que adquiriu o inglês como segunda língua.

Qual é o país com o maior número de falantes de língua inglesa no mundo?

Os Estados Unidos têm uma população total de 333,287,557 pessoas. Dessa forma, o país possui o maior número de falantes da língua inglesa. Os resultados são de 2022, compartilhados pelo Banco Mundial.

Quais as curiosidades sobre os países que falam inglês como segunda ou terceira língua?

No ranking de línguas mais faladas do mundo, após o mandarim e o hindi, vem o inglês, em terceiro lugar. Logo, é de se esperar que os 54 países que falam inglês como primeira ou segunda língua possuam uma diversidade linguística criativa e estimulante.

Antes de detalharmos algumas curiosidades sobre as nações, guarde estas informações:

Tabela de países que falam inglês

Como língua oficial

Como língua nativa

Como segunda língua

Botsuana

Estados Unidos

Camarões

Fiji

Austrália

Índia

Gâmbia

Granada

Lesoto

Gana

Bahamas

Malui

Libéria

Inglaterra

Malta

Maurício

Guiana

Namíbia

Nigéria

Escócia

Nauru

Rodésia

Gales

Filipinas

Serra Leoa

Irlanda

Singapura

Uganda

Jamaica

África do Sul

Zâmbia

Nova Zelândia

Suazilândia

Malawi

Trinidad e Tobago

Tanzânia

Antígua e Barbuda

Canadá

Tonga

Dominica

Irlanda do Norte

Samoa Ocidental

São Cristóvão e Névis

Porto Rico

Zimbábue

São Vicente e Granadinas

 

Nigéria

Belize

 

Ilhas Maurício

Santa Lúcia

 

Sudão do Sul

Papua-Nova Guiné

 

Seicheles

 

 

Quênia

 

Colonização

A presença de uma língua em determinado país pode estar relacionada ao processo de colonização. A grande presença do inglês na África é reflexo desse processo (da colonização de países por parte da Inglaterra),por exemplo.

Sotaque

Observando o aspecto cultural, seja por meio da indústria cinematográfica ou musical dos Estados Unidos, o sotaque americano se espalhou pelo mundo. No país, o inglês é o idioma mais falado, seguido do espanhol, chinês, filipino e vietnamita.

Anglocreep

A adoção sutil de frases britânicas no cotidiano dos americanos é chamada de anglocreep. Devido aos diferentes intercâmbios entre os países que falam inglês como língua oficial, especialmente os britânicos, a língua vem mudando.

“Nas últimas décadas, tivemos diversos escritores e editores britânicos no jornalismo e em Hollywood. Mas os americanos sabem que essas palavras são britânicas? Não tenho certeza se sim”, comenta Lynn Murphy, professora de linguística na Universidade de Sussex, na Inglaterra, e escritora do livro “The Prodigal Tongue: The Love-Hate Relationship Between American and British English”.

Veja algumas palavras ou expressões do anglocreep:

  • Holiday, em vez de vacation = férias.
  • Flat, em vez de apartment, = apartamento.
  • Expressões como call my phone se tornaram ring my mobile – ambas significam “ligue para o meu celular”.
  • Palavras como cheers (saúde!) para agradecer e brilliant (brilhante) para elogiar se tornaram comuns.

Alguns fenômenos culturais parecem ser responsáveis por essas influências e trocas entre o inglês americano e o britânico. Por exemplo, no inglês britânico, a franquia “Harry Potter” e séries como “Doctor Who” e “Sherlock” trouxeram bastante deste vocabulário para o vocabulário americano.

No universo televisivo, o sucesso de apresentadores de talk show como James Corden ou John Oliver ajudou a popularizar certas expressões. Por exemplo, gap year (ano sabático), ou stand by (no sentido de apoiar alguém).

Qual o percentual de brasileiros que falam inglês?

Dados do British Council apresentam que apenas 1% da população tem fluência na língua. No geral, 5% da população possui algum conhecimento de inglês.

Dessa forma, ser bilíngue ainda é uma possibilidade restrita a uma parte reduzida da população. No entanto, temos muito mais acesso à língua do que há décadas.

Um dos fatores que contribuíram para tanto foi o amplo acesso à internet e redes sociais por parte de toda a população. Por exemplo, nunca assistimos a tantos filmes e séries com legendas e áudios em inglês, como agora. Isso por causa do surgimento dos serviços de streaming.

Além disso, existe o CNA, prontinho para oferecer um curso de inglês que acompanha o flow de cada aluno, tornando o aprendizado do idioma mais leve e relevante, sempre baseado em contextos e questões culturais.

Por que conhecer os países que falam inglês?

Até aqui você já teve uma boa ideia da importância do inglês no mundo. Afinal, basicamente, esta é uma língua que pode ser compreendida na maior parte dos lugares e países.

Pesquise e conheça cada um dos países falantes do idioma e ganhe mais oportunidades culturais e profissionais.

Afinal, cada cultura pode contar com uma construção de inglês específica, com palavras e expressões que acabam variando e se relacionam com a história daquele território. O inglês jamaicano é um bom exemplo neste sentido.

Se a lua é muito longe para você ir, os países que falam inglês, não. Então, salve aquela listinha e se junte, plenamente, às inúmeras pessoas que dizem mais do que um Hi ou How are you?

Gostou do texto? Então continua no nosso flow e entra logo em contato para compreender todas as variações de inglês pelo mundo.

0 comentários

Pular para o conteúdo
Share via
Copy link