Matricule-se
Fazer matrícula
Países que falam espanhol como língua oficial: veja um guia completo!
13/08/2021

Mais do que uma curiosidade, saber quais países falam espanhol te abre, literalmente, muitas portas. Isso porque quem aprende o idioma e se torna fluente, consegue acessar mais oportunidades de vida em vários países.

Trabalho voluntário, emprego no exterior ou uma mudança mais radical, com direito a se tornar um cidadão naturalizado do país. São muitas as possibilidades para quem conhece os países que falam espanhol como língua oficial.

O mundo está mais interligado do que nunca e os países que falam esse idioma podem te apresentar vantagens incríveis. América, Europa, África e até a Ásia são continentes que possuem culturas pautadas na língua espanhola.

Pensando nisso, separamos um guia completo para você conhecer os países que falam espanhol e as oportunidades que podem ser encontradas em cada um. Descubra agora!

Quantas pessoas falam espanhol ao redor do planeta?

Grupo de pessoas jovens multirraciais felizes tirando uma selfie

Os falantes de espanhol são mais de 595 milhões, segundo dados do relatório 2022 do Instituto Cervantes. A língua de Dom Quixote de La Mancha é a quarta mais falada do mundo.

O espanhol é a segunda língua com mais falantes nativos do mundo. A primeira é o mandarim e a terceira é o inglês.

Em 2023, a população mundial atingiu a marca de mais de 8 bilhões de pessoas. Logo, em média, os países que falam a língua espanhola representam 7,5% da população mundial.

Quais os países que falam espanhol no mundo?

São 21 países no mundo que falam espanhol como língua oficial:

1. Argentina;

2. Bolívia;

3. Chile;

4. Colômbia;

5. Costa Rica;

6. Cuba;

7. El Salvador;

8. Espanha;

9. Equador;

10. Guatemala;

11. Guiné Equatorial;

12. Honduras;

13. México;

14. Nicarágua;

15. Panamá;

16. Paraguai;

17. Peru;

18. Porto Rico;

19. República Dominicana;

20. Uruguai;

21. Venezuela.

As principais atualizações sobre os países que falam espanhol

Para termos uma noção, segundo dados de 2022, 496 milhões de pessoas têm o espanhol como primeira língua, 74 milhões têm conhecimento e 24 milhões estudam como idioma adicional.

A expectativa é que o número de pessoas em países que falam espanhol suba para 756 milhões até 2050, segundo dados do Ethnologue. Além da Europa e da América Latina, existem outros países que falam espanhol, como é o caso das Filipinas, país localizado na Ásia.

Também é importante constatar que há países da África que falam espanhol. São pequenas comunidades na Angola e no Sudão. Além disso, o espanhol é uma das três línguas da Guiné Equatorial.

Em 2060, os Estados Unidos ocuparão o segundo lugar entre os países que mais abrigam falantes do espanhol. Em segundo, será o México. Estima-se que 27,5% da população estadunidense terá origem hispânica — dados do Instituto Cervantes.

O espanhol é uma língua latina, assim como o francês, o italiano e o português. Como já vimos, o idioma castelhano é o mais falado no mundo quando comparado a essas outras.

Além das diferenças culturais entre os países que falam a língua espanhola, existe uma grande nuance de sotaques, como em toda língua.

O que encontrar em cada um dos países que falam espanhol?

Jovem viajante sorrindo segurando sua mochila enquanto gotículas de água aparecem em uma praça

Quer conhecer as curiosidades culturais e melhores oportunidades que cada nação oferece para um falante de espanhol? Veja abaixo!

Argentina

A Argentina é um dos países que falam espanhol na América Latina. Por lá, a língua recebeu influências da imigração italiana no início do século passado, gerando uma mudança na pronúncia e na cadência da fala.

Bolívia

O país possui um dos mais baratos custos de vida para os brasileiros e faz fronteira com quatro estados — Acre, Roraima, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Um fato curioso é que a Bolívia tem duas capitais: La Paz (capital administrativa) e Sucre (capital oficial).

A Bolívia é cortada pela Cordilheira dos Andes e resguarda uma cultura ancestral dos povos nativos. Dois ótimos exemplos são as ruínas da civilização Tiauanaco e a cidade colonial de Potosí.

Chile

É o país natal do autor Pablo Neruda. Referência da literatura contemporânea e ganhador do Prêmio Nobel, ele morou muito tempo em Santiago, a capital do Chile. Se você também resolver ir fazer intercâmbio por lá, vai encontrar oportunidades incríveis no ramo do turismo e da mineração.

Colômbia

Centro histórico de Bogotá, com casas coloniais coloridas

“Vamos embora para Bogotá!”, canta o paulistano Criolo, ao chamar-nos para a capital da Colômbia. A música, composta em parceria com Emicida, é uma ótima indicação para quem quer começar a se apaixonar pelo país.

Nação que possui importantes ícones reconhecidos mundialmente, como a cantora Shakira e o pintor Botero, a Colômbia é uma oportunidade para quem fala espanhol.

Afinal, ao ter fluência no idioma, se torna mais fácil conseguir oportunidades de trabalho e se conectar culturalmente com o país. Por lá, as principais atividades econômicas são a indústria e agricultura.

Costa Rica

Vulcões, praias e muita diversidade natural! A Costa Rica é mais um país que tem o espanhol como idioma oficial. Por lá, ao visitar a cidade costeira de Puerto Limón, por exemplo, você vai notar a multiculturalidade da comunidade afro-caribenha. Inclusive, essa realidade foi retratada pelo escritor Quince Duncan.

Cuba

A ilha caribenha é um dos países da América Latina que fala a língua espanhola como oficial. Grande parte da população também fala inglês, mas devido ao turismo, podemos ouvir alemão, francês, italiano e russo.

El Salvador

Imensas paisagens naturais, com vulcões e lagos, El Salvador é um país para quem realmente quer conhecer uma cultura única e milenar. Isso porque o território preserva uma das mais importantes ruínas da civilização Maia — o sítio arqueológico de Tazumal.

Espanha

Um dos exemplos mais conhecidos entre os países que falam espanhol, a Espanha também abriga o idioma catalão e variantes do espanhol, como o andaluz e o galego.

Equador

O Equador é mais uma nação americana colonizada pela Espanha durante muitos séculos. O resultado é que o espanhol continua como idioma falado, permanecendo estável, e sendo assimilado pelas especificidades da região.

Guatemala

Este é mais um país que possui ruínas da civilização Maia. O espanhol guatemalteco é muito influenciado pela ancestralidade dos povos antigos do país. Aprenda expressões idiomáticas e o sotaque dessa região ao escutar músicas do Ricardo Arjona, por exemplo.

Guiné Equatorial

Um dos países da África que fala espanhol, a Guiné Equatorial possui a língua como oficial desde 1968, além do francês e do português. Além disso, línguas regionais como igbo, também estão presentes na região.

Honduras

O que você conhece sobre Honduras? O país ainda tem uma presença tímida ao nível de conhecimento mundial. No entanto, vale muito descobrir as sutilezas de sotaques e expressões, enquanto descobre as incríveis paisagens de águas azuis e cristalinas.

Se você quiser arrumar uma “chamba” — trabalho ou emprego, no espanhol hondurenho — vai encontrar muitas oportunidades no setor de turismo ou na indústria de exportação.

México

Esculturas indígenas de várias partes da América

Você sabia? O México é o maior entre os países que falam espanhol como língua oficial na América Latina. São 129 milhões de falantes! Porém, dentro do país, existem diferenças de sotaques e pronúncias, uma influência das línguas indígenas.

Nicarágua

Se você for maior de idade e estiver na Nicarágua, pode tomar uma “bicha” enquanto aproveita o país. A expressão significa cerveja em espanhol nicaraguense.

O país também fica no time dos destinos incríveis e ainda pouco famosos para conhecer. Por lá, é possível aproveitar para continuar a compor o seu roteiro de vulcões, ilhas e paisagens naturais da América Latina.

Panamá

O Panamá exporta um dos maiores ícones clássicos da moda mundial, que leva o seu nome. Estamos falando do chapéu panamá, feito de palha e muito utilizado ao redor do mundo.

Além disso, há uma curiosidade geográfica do território desse país. Ele está localizado em um istmo, ligando a América Central à América do Sul. Especificamente, por lá temos o Canal do Panamá, importante via do comércio marítimo internacional.

Paraguai

Em algum momento, durante uma estadia no Paraguai, você escutará a palavra em espanhol “tabebuia”. Isso porque ela é o nome de uma espécie de ipê-rosa e representa um dos símbolos do país.

Outra curiosidade é que além do espanhol, o guarani também figura como idioma oficial do país. Essa informação já antecipa o quanto o castelhano falado por lá é rico em diversidade e originalidade, concorda?

Por último, uma das maiores famas do país são as compras. Afinal, por lá é possível encontrar, principalmente, eletrônicos e eletrodomésticos a preços bastantes convidativos.

Peru

Llama em Machu Pichu

Se você pensou em Matchu Pichu, vulcões e roupas multicoloridas, já sabemos que conhece um pouco do Peru. Este é um dos países da América Latina mais requisitados para o turismo.

Por lá também é possível encontrar oportunidades de trabalho e intercâmbio se você fala espanhol. Os sons de danças típicas como a Marinera, Zamacueca e Mozamala prometem animar qualquer novo falante que se aventure a passar um tempo no país.

Porto Rico

A capital de Porto Rico é San Juan e você não tem noção do quanto o país possui culturas ricas e criativas. A começar pela cena artística, que abraça uma rica comunidade de Drag Queens da cena LGBTQIA+. Essa ilha caribenha é próxima aos Estados Unidos, sendo muito comum essa troca cultural.

República Dominicana

Viva no Caribe! A República Dominicana pertence à região e possui construções de estilo gótico e colonial que datam de 500 anos. Além disso, o espanhol dominicano tem importantes influências africanas e indígenas. O turismo hoteleiro pode ser uma oportunidade para você exercer a sua profissão no país enquanto exercita o espanhol.

Uruguai

Esse país possui uma das melhores qualidades de vida da América Latina. O Uruguai tem um extenso litoral de praias incríveis, como a famosa Punta Del Este. O espanhol uruguaio é famoso pela sua pronúncia única, com muito “chiado”.

Isto é, o uso do som do nosso “x” ou “ch” em palavras que teriam o som do “lh” em português. Por exemplo, no caso da palavra “calle”. Geralmente, a pronúncia é “caLHe”. No Uruguai, fala-se “cache”.

Venezuela

A Venezuela possui mais de 70 línguas indígenas. Logo, o espanhol falado por lá tem uma influência direta dessas comunicações ancestrais. Por lá, encontra-se uma das maiores reservas de gás e petróleo do mundo.

Um fato singular é a popularidade do Beisebol por lá. A liga profissional foi fundada em 1945, sendo uma parte importante da cultura do país.

Quais as principais curiosidades sobre os países sul-americanos que falam espanhol?

Você já viu que as diferenças culturais são imensas entre os países sul-americanos que falam espanhol, não somente em questão de sotaque e vocabulários, mas vários países possuem influência de línguas indígenas.

Em lugares como Peru, quase 90% da população fala a língua espanhola, mas a identidade indígena se mantém presente, onde o quíchua também é muito comum, assim como aymara.

Relembrando que, ao todo, são nove países que falam espanhol na América do Sul: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Os países que falam espanhol possuem culturas diversas e sotaques variados. Após ler este guia completo, você já sabe o quanto o espanhol é um dos idiomas mais falados do mundo. Por isso, saber espanhol é uma oportunidade de mudar de vida. Do destino da sua viagem aos seus locais de trabalho, há universos criativos e surpreendentes.

Compartilhe agora este texto com seus amigos e comece a planejar seus próximos passos com a ajuda do espanhol

0 comentários

Pular para o conteúdo
Share via
Copy link