Matricule-se
Fazer matrícula
Ranking da ABF aponta CNA como uma das 30 maiores franquias do Brasil
15/02/2024

A rede cresceu 4,8% no comparativo entre 2022 e 2023, passando de 674 para 708 escolas em operação em todos os estados brasileiros.

A rede de ensino de idiomas CNA é uma das 30 maiores franquias do país, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), em ranking divulgado na quinta-feira (08). O CNA subiu três posições em comparação com 2022, passando do 27° para o 24° lugar no ranking das 50 Maiores Franquias do Brasil, com um crescimento de 4,8% no acumulado de 2023, de 674 para 708 escolas em todo o país. Atualmente, também de acordo com a ABF, existem 3.311 marcas atuando pelo sistema de franchising no Brasil.

Segundo o CEO do CNA, Décio Pecin, a rede vivencia um forte ritmo de expansão nos últimos anos, principalmente após o período da pandemia, impulsionado pelos investimentos em parcerias, canais de aquisição de clientes e novos formatos de franquia para o mercado. “Chegamos a abrir 110 franquias somente em um ano, ultrapassando nossa média que era de 35 por ano. Para 2024, nosso objetivo é atingir 800 escolas CNA, com crescimento maior no interior”, destacou o executivo.

“Esse crescimento acentuado em número de operações é resultado de um trabalho feito com muita seriedade por todos os colaboradores, conselheiros, diretoria e franqueados CNA, atuando sempre de forma ética e de acordo com as diretrizes e boas práticas do setor de franquias”, completa Pecin.

A rede se destacou em comparação com outros concorrentes do setor educacional, que chegaram a registrar queda de até 12%. Atualmente, o CNA tem 200 mil alunos e até este mês de fevereiro já ultrapassa 710 escolas na rede. Os dados da ABF apontam que o segmento de educação cresceu 9,7% no comparativo entre 2022 com o ano passado, saltando de 12.991 mil para 14.255 mil escolas. Já o faturamento total do setor de franchising ficou em R$ 240 bilhões no ano de 2023, além de empregar mais de 1,7 milhão de pessoas. As projeções da entidade para 2024 estabelecem um aumento na geração de empregos diretos pelas marcas de franquia em torno de 5%, e crescimento de 10% no faturamento do setor.

Pular para o conteúdo
Share via
Copy link